You are currently viewing Meus romances e Bon Jovi
Photo by Suvan Chowdhury on Pexels.com

Meus romances e Bon Jovi

Ontem, 02 de março de 2022, foi o aniversário de 60 anos de Jon Bon Jovi. Como boa fã do moço e da banda, não pude deixar de fazer um post no twitter em reverência a todas as músicas que ele compôs e gravou que me inspiraram a escrever meus livros. Claro que não foram todas. A lista é imensa, mas consegui separar as mais impactantes. Vamos conhecê-las?

A primeira é uma das minhas favoritas e que foi a música de Nathaniel McFadden em Uma Donzela para Redimir um Canalha. Na verdade, ela é mantra de todos os meus mocinhos sombrios.

I blame this world for making a good man bad

A segunda é aquela que tocou por 1 semana seguida no repeat forever enquanto eu escrevia uma cena muito dramática e romântica em O CEO e a Patricinha.

“Make love to me baby, till we ain’t strangers anymore”

Essa aqui é de Elis e Paul em Paixão em um Verão. A minha maior fanfic que virou livro tinha que ter as trilhas sonoras da minha vida, né?

“Take me, touch me, hold me like you mean it”

Me fez chorar no show, me faz chorar com o clipe. É a música de Alexander e Lydia em Dezembro.

“Who’s gonna hold you when you turn out the lights?”

Uma Donzela para Redimir um Canalha é meu livro com mais Bon Jovi. Outra que marcou bastante a história de Nate e Lucy foi I Want You.

“I never wanted the stars, never shot for the moon, I like they right where they are, all I wanted was you”

E temos duas que são ors con cours, que são praticamente trilha sonora de tudo porque tocam aleatoriamente o tempo todo rsrsrs. Bed of Roses

e… ALWAYS MARAVILHOSA, PERFEITA, A MÚSICA N. 1 DO MEU TOP 5, ZERO DEFEITOS.

“I’ll be there till the stars don’t shine, till the heavens burst and the words don’t rhyme. I know when I die you’ll be on my mind and I’ll love you, always”.

Menção honrosa para o excesso de gostosura nesse clipe alternativo da música. É muita gente linda reunida, socorro. Acho que beijava todas as bocas rsrsrs.

Deixe um comentário