You are currently viewing Bienal de São Paulo de 2022
Photo by Ylanite Koppens on Pexels.com

Bienal de São Paulo de 2022

Eu estive na 26ª Bienal do Livro de São Paulo nos dias 02 e 03 de julho e é por isso que a newsletter semanal atrasou! Mas queria vir contar a vocês como foi a minha experiência e perguntar: vocês também foram? Como foi a Bienal para vocês? 

Eu adorei poder ir a uma Bienal como autora, porém sem um estande. Sei que isso parece incomum, já que a maioria das autoras sonha com um estande onde expor seus livros, mas eu queria mesmo era me encontrar com as leitoras e conhecê-las pessoalmente!

Não fui sozinha: tive a adorável companhia da autora Sarah Summers e da irmã dela, que nos acompanhou. Também levei minha mãe Tania, que seu autodenomina minha assessora e marketeira e faz uma divulgação maravilhosa de todos os meus livros. 

Acho até que ela estava mais requisitada do que eu – todas as leitoras queriam foto com ela!

Confesso que achei as coisas um pouco desorganizadas quando chegamos. Filas muito grandes e pouca gente para tomar conta da entrada. Pior ainda foram as informações truncadas e erradas – como se cada membro da organização tivesse uma informação diferente. 

Mas consegui entrar lindamente como autora e foi muito bom estar lá dentro, passear pelos estandes, protestar com o patrão e tirar fotos com minhas leitoras. Foram muitos abraços e gritos e autógrafos sentada pelo chão. 

Encontrei também autoras especiais que fazem parte dessa jornada no mercado literário: a Michaelly Amorim, a Aline Galeote, a Larissa Gomes e a Jéssica Malvestuto, autoras de romances de época com lindas obras publicadas na Amazon. 

Tive meu momento tiete, pois fui à sessão de autógrafos da Vivian Lemos e encontrei a Crys Carvalho no estande da Qualis. Duas autoras queridas e com livros que encantam!

Fazia tempo que não ia a nenhum evento literário e foi bom demais me encontrar com vocês, minhas leitoras – principalmente porque algumas se tornaram também minhas amigas. 

Espero que na Bienal do Livro do RJ eu possa encontrá-las de novo ou ter a oportunidade de conhecer as que não foram a SP. 

Tatiana Mareto

Escrevo romances sensuais com finais felizes. Uso a internet desde quando tudo aqui era mato.

Deixe um comentário